Extintor para carros acima de 2005, somente o de 5 anos!



O prazo de cinco anos para os motoristas trocarem o antigo extintor de incêndio BC pelo modelo ABC, estabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), foi estipulado de acordo com a capacidade da própria indústria brasileira de extintores.

"Vai haver uma substituição de tecnologia e a indústria concluiu que o prazo para as adequações necessárias era viável", informa o coordenador de infra-estrutura de trânsito do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Carlos Leitão.

A resolução que trata dos extintores de incêndio para os veículos é de 22 de abril de 2004 e foi publicada no Diário Oficial da União em 7 de maio. Ela determina que, a partir de 1 de janeiro de 2005, todos os veículos deverão sair de fábrica já com o novo modelo de extintor, de pó ABC.

Os extintores de veículos já em circulação só precisam ser substituídos no fim da validade que aparece no cilindro. A partir de 1º de janeiro de 2010, todos os veículos já deverão estar com os novos extintores. "É o prazo que consta na resolução aprovada pelo Contran em abril de 2004", explica Leitão.

De acordo com o coordenador, a decisão foi baseada em estudos desenvolvidos na câmara temática de assuntos veiculares desde 2000. Os estudos identificaram que o agente extintor BC já havia sido substituído pelo agente ABC em todo o mundo. "Esse novo agente tem maior eficácia, maior capacidade extintora. Houve uma inovação tecnológica", afirma Leitão.

Além disso, segundo o coordenador Carlos Leitão, a questão da durabilidade também foi levada em conta. O extintor BC tem vida útil de 5 anos, sendo que ele tem de ser submetido a duas recargas, uma no fim do terceiro ano e outra no fim do quarto, segundo o regulamento. O extintor novo tem prazo de validade de 5 anos e não precisa ser recarregado. Caso não seja usado, deve ser trocado depois de 5 anos.

O preço do novo equipamento no mercado, segundo o Denatran, seria entre R$ 70,00 e R$ 80,00. Leitão diz que o preço do extintor de pó BC, somado ao preço das recargas, sai quase pelo mesmo valor do extintor novo. A partir de 2010, os motoristas que não possuírem o modelo ABC serão multados. O Código de Trânsito estabelece que "conduzir um veículo sem equipamentos obrigatórios ou estando estes ineficientes ou inoperantes" caracteriza infração, com multa de R$127,60.

PARA COMPRAR O SEU CLIQUE AQUI!

Agência Brasil


Para que continuemos a trazer dicas para você, precisamos que você ajude na divulgação de nosso blog e de nossa loja virtual! Obrigado!