Durabilidade do motor depende de cuidados especiais!

Para que o veículo tenha um bom tempo de uso são necessários certos cuidados, principalmente porque nem sempre o motorista tem condições de ficar trocando de carro constantemente. Mas não é somente a fabricante que deve garantir a qualidade. O motorista também pode prezar por ela. O motor, por exemplo, é uma "peça chave" do automóvel que necessita de atenção especial para que o veículo tenha mais durabilidade e renda aquilo que se espera dele.

Andar a 40Km/h na quarta marcha representa uma carga muito forte para o motor, ou ainda, ir além da faixa vermelha do conta giros pode danificar peças, entortar válvulas, quebrar bielas, etc, e até mesmo simples atitudes que o motorista está acostumado a fazer. Antônio Cordeiro, consultor técnico da DECAR, cita a importância de entender bem o painel de instruções, usar o óleo recomendado pela fabricante e trocar regularmente, sempre usar aditivos no sistema de arrefecimento, substituir o filtro de ar e combustível a cada 15 ou 20 mil Km, e também substituir o filtro de óleo em TODAS as trocas, pois a toda a sujeira do óleo fica acumulada ali.

"Recomenda-se verificar o nível de água e óleo pelo menos uma vez por semana, conhecer o fabricante ou importador das peças e quanto tempo a empresa comercializa o produto. Quando o motor precisa de uma revisão ou retificação, ele apresenta alguns defeitos como excesso de fumaça no escapamento, barulho no motor e a lâmpada no painel de instruções começa a piscar, ou seja, o motor não terá a mesma potência.", conclui Cordeiro.

JBP

Para que continuemos a trazer dicas para você, precisamos que você ajude na divulgação de nosso blog e de nossa loja virtual! Obrigado!